Tag Archives: Literatura Contemporânea

  • Desmundo, Ana Miranda

    Além da conversa das mulheres, são os sonhos que seguram o mundo na sua órbita. — José Saramago, Memorial do convento Vossas mercês, leitores do Prosa, precisam ler Desmundo. Urgentemente. Capaz de mergulhar o leitor numa atmosfera de brutalidade e lirismo, esta narrativa rouba seu fôlego em meio à densa vida selvagem de uma colônia ainda pouco desbravada …

    More  →
  • 10 ficções recentes sobre a ditadura brasileira

    As coisas têm um rosto distinto quando vivemos o pós-elas. Quando nascemos tantos anos depois. Quando precisamos que nos informem, que nos expliquem, que nos digam que era óbvio o óbvio que pulou para dentro dos arquivos. As verdades feias foram ao banheiro e retocaram a maquiagem. (Adriana Lisboa, Azul corvo) Esta é uma lista [...] More  →
  • Quarenta dias, Maria Valéria Rezende

    Quarenta Dias, romance de Maria Valéria Rezende vencedor do Prêmio Jabuti de 2015, é um livro-diário da narradora aposentada Alice,  diante do qual me portei como me portava diante dos meus próprios diários. Eles, como o livro, estavam ora nas mãos, ora na mesa do café, nas bolsas, no criado-mudo, sobre o travesseiro, em qualquer …

    More  →
  • A paz dura pouco, Chinua Achebe

    ‘Um homem pode ir para a Inglaterra, virar advogado ou médico, mas isso não muda seu sangue. É como um pássaro que voa da terra e vai pousar num formigueiro. Ele continua na terra’ (p. 182).   Nada como um reencontro com a prosa de Achebe. Há elementos na sua narrativa que nos aproximam de …

    More  →
  • Noturnos – histórias de música e anoitecer, Kazuo Ishiguro

    Kazuo Ishiguro, escritor japonês-britânico, ganhador do Booker Prize pelo romance Os resíduos do dia em 1989, tem sido aclamado como um dos principais autores da contemporaneidade. Sua premiada produção inclui romances, peças de teatro, adaptações fílmicas e letras de canções. Já seu livro Noturnos – histórias de música e anoitecer (2009) revela a face contista …

    More  →
  • A vida privada das árvores, Alejandro Zambra

    Um lugar comum na rotina e o lugar comum daquilo que concebemos como imagem de um lugar, de uma pessoa ou de uma experiência. Chile, país de Alejandro Zambra, autor d’A vida privada das árvores (Cosac Naify, 2013). Imagino os picos andinos, o horizonte de neve, uma estreita e esticada faixa de terra mirando a …

    More  →
  • Neve, Orhan Pamuk

    Na cerimônia de entrega do prêmio Nobel de Literatura de 2006, Pamuk foi apresentado por Horace Engdahl, secretário permanente da Academia Sueca. Naquela ocasião[1], Engdahl tomou emprestadas as palavras de outra laureada, a escritora austríaca Elfriede Jelinek, que se manifestara publicamente contra a demanda para que escritores e escritoras assumissem uma postura política. Para Jelinek, …

    More  →
  • O filho de mil homens, Valter Hugo Mãe

    Baby Dee sussurra na orelha do livro: você pode me comprar pelo preço de um pardal. Que comprem e escutem a história, contada por sobre o ombro, sobre algumas metades de pessoas reunidas à beira-mar. O filho de mil homens, do escritor Valter Hugo Mãe, surge depois de uma série de romances premiados, nos quais …

    More  →
  • Garota encontra garoto, Ali Smith

    “Agora deixa eu contar como eu era quando menina, diz nosso avô”. Com essas enigmáticas palavras Anthea rememora sua infância, ao lado da irmã Imogen. Órfãs de ambos os pais, que desapareceram misteriosamente em uma viagem pelo mar, a vida de Anthea e Imogen começa a mudar após o aparecimento de um misterioso artista de …

    More  →
  • Diálogos para o fim do mundo, Joana Bértholo

    Diálogos para o fim do mundo é um daqueles livros que gritam da estante, Aqui, ó, psiu, me leva pra casa, aposto que não te arrependes. Daqueles capazes de fazer você perder a hora do cinema, quebrar aquela promessa[1] feita um dia antes, arruinar o cronograma de leituras do mês. Ou mesmo de coisa muito [...] More  →
  • Cartografias contemporâneas, Sandra Almeida

    Em seu Cartografias contemporâneas – espaço, corpo, escrita, Sandra Regina Goulart Almeida apresenta inicialmente um apanhado de pesquisas acerca do espaço literário e suas implicações culturais e de gênero, relacionando os textos críticos que discutem espaço, cultura e diáspora com romances contemporâneos escritos por mulheres - as chamadas narrativas de trânsito. Nos romances em tela, protagonistas femininas imigrantes [...] More  →